09 novembro 2014

Brasil - semana 2


Correria, correria e mais correria. No fim de semana tínhamos duas festas super legais. Uma era o lançamento da revista YoYo, lá na loja Lots, do Cabral. A outra era o Bazar da Ipê Amarelo, lá no Seminario. 

Fomos até o Ipê de manhã, porque eles tinham teatro com a criançada. O lugar é o máximo, o jardim da casa é um sonho, Max adorou. Ficou brincando com o Joshua no jardim, nem lembrava que tinha ido com crianças. Eles são uma escola da pedagogia Waldorf e organizam colônias de férias em dezembro e janeiro, muito legal.

De tarde fiquei mal, com enxaqueca brava e não pude ir na festa da Lots. No domingo foi dia de circo Tihany com o Max. Infelizmente, o Max acabou tendo uma urticária tremenda depois do espetáculo e acabamos ficando 3 dias no empenho de procurar médico, encaixes na homeopata, ou seja.... dias de pouco sono e muito remédio.... e muuuita coceira. Não sabemos se foi corante que causou essa coceira toda, mas foi muito chato.

Hoje passei na Ju, almoçamos juntas e a criançada brincou no jardim. Tão bom quando as crianças se dão bem e brincam como se fossem amigos de longas datas! Tão bom ver o teu filho melhorar e querer brincar de novo. Xô coceira.... queremos curtir nossas férias.

03 novembro 2014

Brasil - semana 1

Depois de quase 12 anos de visitas rápidas ao meu país natal, resolvi que já era hora de vir e curtir a terrinha por mais tempo. Ficaremos quase três meses na casa dos meus pais, em Curitiba. 

Essa primeira semana ficou marcada pelo jet leg, com a criançada acordando às 4 horas da manhã, e vovó e mamãe aqui total zumbis. Também estou naquela fase de querer comprar tudo no mercado, comer tudo que não encontro por lá e, provavelmente, engordar alguns quilinhos. 

Como o meu cavaleiro já está com quase cinco anos e é muuito ativo, resolvemos matricular ele em uma escolinha. E dá-le visitar escola, pesquisar, falar com outras mães, etc, etc, etc.... Também tivemos duas festas de aniversário muito legais, um Halloween divertidíssimo com o pessoal da Casa Labirinto e um encontro do Clube das Mamães, que a minha amiga Juliana organizou!

E no domingo, foi a formatura do meu irmão. Organizamos uma festa surpresa na casa dos meus pais. Agora ele é oficialmente chef!

Uff, primeira semana agitadinha....mas adoro!

05 setembro 2014

Meus 40 anos


Hoje faço 40 anos! Aos 30 entrei em pânico, já que acabava de terminar uma relação de 4 anos, me sentia muito sozinha em Madrid e achava que nunca mais encontraria uma pessoa legal para dividir minha vida e construir uma família. 

Com 40 me sinto fantástica! Tenho um trabalho que gosto, um marido e companheiro incrível, dois filhos maravilhosos que são tudo para mim, um projeto de construir nossa casa, amigos queridos em todos os cantos do mundo, ou seja, estou muito mais feliz que aos 30, muito mais segura e serena.

Já posso dizer que sou coroa sem complexos ;-)

Ontem faleceu a atriz e comediante Joan Rivers e nada melhor que terminar este post de quarentona com um toque de humor ácido da comediante americana...

"Looking fifty is great! - if you're sixty" - Joan Rivers 


08 janeiro 2014

39 semanas - que tengas una horita corta!

Pois é, faltam apenas dois dias para o dia 'oficial' do parto da nossa querida nena - segundo todos os cálculos de tabelinhas médicas, claro. 

É engraçado porque quando você passa as 36 semanas, as pessoas param de perguntarr se você está bem, e começam a perguntar - falta muito ainda? Também começam a te falar das fases da lua, se tua barriga está baixa ou alta, que se o bebê se mexe muito é porque o parto está longe, etcetera, etcetera....

Aqui na Espanha, as mulheres (principalmente as mais velhas) te desejam 'Que tengas una horita corta', referindo-se à duração do parto. Adoro quando me desejam uma horita corta, creio que porque o parto do Max foi muito demorado e doído, e esta expressão de alguma forma demonstra empatia entre mulheres.

Hoje fiz a terceira sessão de monitoração dos batimentos cardíacos da pequena, e segundo o meu obstetra, o Dr. Xiberta, nada de nena por enquanto. A barriga está super alta ainda - ou seja, amanhã aproveitar as 'rebaixas' de reyes (liquidação de inverno) para ver se caminhando ajuda. 

Terei muitas histórias para contar pra nossa nena, sobre estas últimas semanas de espera por ela. Primeiro foi a nossa mudança de casa de última hora, depois nossa estadia temporária no apartamento em St Cugat, logo a chegada da minha sogra que veio dar uma mão pra gente direto dos States e, quando tudo parecia estar se acalmando por aqui, ficamos sem água quente e calefação durante 7 dias até que o técnico encontrou as peças necessárias para arrumar a 'caldeira'. Uma virada de ano daquelas viu?

No sábado mudamos (finalmente!) para a casa que alugamos de um casal que mora no Canadá. Estou contando os dias para poder instalar nossas coisas, arrumar nossa casa e finalmente poder curtir o famoso 'nesting' da gravidez.






31 dezembro 2013

38 semanas

Inspirada pelo Instagram da bailarina do Ballet Beautiful (claro que bem mais fora de forma que ela né gentê!).
























23 dezembro 2013

Dezembro tem sido longo por aqui

Sim, dezembro está sendo um mês difícil, complicado, chatinho. Eu pensava que com a 'baja médica' poderia aproveitar para relaxar e terminar de arrumar o quarto da nossa nena, mas descansar foi tudo o que não pudemos fazer nas últimas duas semanas.  

Dia 9 de dezembro - recebo a baja médica, completo 35 semanas de gravidez,  a proprietária do nosso apartamento corta a eletricidade por 2 horas
Dia 10 de dezembro - nossa proprietária continua cortando a luz e ficamos sem internet, sem aquecedores elétricos (não tínhamos calefação!) e sem geladeira e telefone fixo. Chamamos os mossos (polícia na Catalunya). Última sessão de quiropraxia antes do parto.
Dia 11 de dezembro - nossa advogada envia um burofax para pedir à proprietária que reconecte a eletricidade, jantar de despedida com o pessoal do trabalho no hotel W em Barcelona, mais pressão da proprietária e continuamos com apagões.
Dia 12 de dezembro - Chamamos a polícia novamente, seguimos com a luz no vai e vem. Ela nos envia emails ameaçando nos deixar sem luz se não pagamos contas imaginárias (ela é meio pineu, estamos com aluguel e todas as contas em dia, ela sim nos deve dinheiro!) e nos pressiona a deixar o apartamento (os dois outros vizinhos já partiram, mas nós ficamos porque eu estou grávida).
Dia 13 de dezembro - volta a luz porque aceitamos pagar toda a eletricidade (dela e nossa) já que ela não tem dinheiro. Começamos a procurar casas para alugar mesmo eu entrando na semana 36 de gestação. Nada pode ser pior que este inferno.
Fim de semana - visitamos casas com a imobiliaria, e encontramos algumas casas legais no Idealista.
Domingo, 15 de dezembro - chamamos um eletricista amigo nosso para que faça um 'gato' assim não ficamos sem luz. Proprietária descobre e surta - outra vez nos deixa sem luz. Vou conversar com ela,  fica tranquila. Voltamos a ter luz.
Dia 16 de dezembro - Visitamos outra casa e nos apaixonamos, so que só estará disponível metade de janeiro. Nãããoooo!!!
Dia 17 de dezembro - Decidimos alugar um apto no Airbnb para sair imediatamente do apto., e esperar nossa nena em um ambiente tranquilo, até a casa que gostamos estar disponível. Contratamos mudança.
Dia 18 de dezembro - Começamos a empacotar tudo com a ajuda da Mariangeles e do Fabrice.
Dia 19 de dezembro - Alugamos um apto. super legal de um casal de St Cugat, já temos as chaves.
Dia 20 de dezembro - Continuamos empacotando tudo, desmontando cozinha, loucura total. Último dia de escola do Max. Dormimos primeira noite no apto. alugado.
Dia 21 de dezembro - Caminhão da mudança vem e leva tudo para um depósito por um mês.
Dia 22 de dezembro - Terminando últimos detalhes e limpando o apto.
Dia 23 de dezembro - Rémi filma entrega de chaves à proprietaria - fim do nosso um ano e 3 meses em Av. Vall D'Or, 100!

Realmente temos muita sorte de, apesar da loucura que passamos e de todos os imprevistos e decisões de última hora, poder contar com nossa família maravilhosa que, mesmo distante, esteve muito presente. Também muita sorte de ter amigos maravilhosos como o Fabrice, Mariangeles, Vibeke, Emili, Emilio, Carole, Antonio, Xenia, Jesus e Oscar que nos ajudaram a fazer a mudança e estiveram ao nosso lado em todos os momentos. Também os amigos que ofereceram suas casas durante os dias de desespero, sem luz nem calefação, em pleno dezembro e com uma criança em casa e um bebê a ponto de nascer.

Nestas horas vemos que temos muita sorte de poder contar com pessoas tão queridas, de sermos um casal tão unido, e de termos um trabalho para poder arcar com todos os gastos que tivemos, que foram muitos.

Janeiro, por favor, espero que você venha cheio de surpresas boas e de muitas alegrias! Que 2014 seja maravilhoso para todos nós!!!!






Related Posts with Thumbnails