08 janeiro 2014

39 semanas - que tengas una horita corta!

Pois é, faltam apenas dois dias para o dia 'oficial' do parto da nossa querida nena - segundo todos os cálculos de tabelinhas médicas, claro. 

É engraçado porque quando você passa as 36 semanas, as pessoas param de perguntarr se você está bem, e começam a perguntar - falta muito ainda? Também começam a te falar das fases da lua, se tua barriga está baixa ou alta, que se o bebê se mexe muito é porque o parto está longe, etcetera, etcetera....

Aqui na Espanha, as mulheres (principalmente as mais velhas) te desejam 'Que tengas una horita corta', referindo-se à duração do parto. Adoro quando me desejam uma horita corta, creio que porque o parto do Max foi muito demorado e doído, e esta expressão de alguma forma demonstra empatia entre mulheres.

Hoje fiz a terceira sessão de monitoração dos batimentos cardíacos da pequena, e segundo o meu obstetra, o Dr. Xiberta, nada de nena por enquanto. A barriga está super alta ainda - ou seja, amanhã aproveitar as 'rebaixas' de reyes (liquidação de inverno) para ver se caminhando ajuda. 

Terei muitas histórias para contar pra nossa nena, sobre estas últimas semanas de espera por ela. Primeiro foi a nossa mudança de casa de última hora, depois nossa estadia temporária no apartamento em St Cugat, logo a chegada da minha sogra que veio dar uma mão pra gente direto dos States e, quando tudo parecia estar se acalmando por aqui, ficamos sem água quente e calefação durante 7 dias até que o técnico encontrou as peças necessárias para arrumar a 'caldeira'. Uma virada de ano daquelas viu?

No sábado mudamos (finalmente!) para a casa que alugamos de um casal que mora no Canadá. Estou contando os dias para poder instalar nossas coisas, arrumar nossa casa e finalmente poder curtir o famoso 'nesting' da gravidez.






Related Posts with Thumbnails