25 fevereiro 2011

Fevereiro no vermelho e o mês nem acabou ainda

Não sei muito bem como foi que isso aconteceu, já que o mês de fevereiro é mais curto e teóricamente deveríamos estar com mais dinheiro na conta conjunta, não menos.


Desde que nos casamos, o Rémi e eu decidimos abrir uma conta conjunta e o trato é que no terceiro dia do mês cada um deposita sua parte da contribuição mensal. Como ganhamos salários bem diferentes, fizemos as contas na ponta do lápis para saber quanto era o total de gastos da casa no final do mês (uma média aproximada, claro!) e quanto deveria ser a porcentagem de contribuição de cada um. E funciona super bem. 


Me explico:


Gastos da casa
Supermercado 
Diarista
Gastos com transporte
Passagem de trem
Gasolina
Pedágio
Gastos do Max
Escolinha
Plano de Saúde
Roupas
Remédios
Vários
Gastos ócio
Cinema, restaurantes, etc.
Gastos com viagens
Passagens, hotel, etc
Extras
15% do total aprox.


E a fórmula é fácil (e tinha que ser fácil porque sou um zero à esquerda em matemática).


Baseado no salário de cada um de nós, depositamos uma porcentagem da soma total dos gastos acima, que lá em casa corresponde a 42% para mim e 58% para o Rémi. O trato é que este valor não pode superar os dois terços do salário total de cada um.


O legal é que raramente necessito usar meu cartão de crédito pessoal, somente para sair com amigas, comprar roupas, ir no salão, etc... o resto pago com a conta conjunta. Dessa maneira fica bem mais fácil economizar e cuidar para não gastar mais do que devia.


Voltando à minha história, este mês foi um descontrole total e acabamos ficando no vermelho!!! Queria muito usar o Mint.com para poder gerenciar nossos gastos com todos aqueles gráficos maravilhosos deles, mas o serviço não está disponível na Espanha ainda. Infelizmente não conheço outro serviço, vou pesquisar, mas por enquanto será no excel mesmo. Decidi que preciso entender onde vai o dim dim, principalmente agora que queremos comprar uma casa.



Alguma sugestão? Como vocês gerenciam e controlam o gastos da casa desde que se tornaram mamães?

10 comentários:

Carol P disse...

Vanessa,
A creche aqui eh uma fortuna eh quase o mesmo preco de um aluguel,nao tem nursery por menos de 4 digitos gordinhos. O que teve um impacto nas financas, eu estou tentando me ajustar, pois adoro um shopping e uma viagem.
Aonde vai o dinheiro nao sei, nunca soube aonde anda o meu.
bj

disse...

Quando cheguamos na França, so' tinhamos o rendimento da bolsa de doutorado do marido e a grana era curtissima. Entao criamos uma planilha Excel com todos os gastos divididos por categorias (gastos fixos, extras, etc) e anotamos TUDO. Até o pãozinho da padaria. Nem sempre isso serve para economizar, mas da' para saber bem para onde o dinheiro vai. Até que sou bem economica e como sou super caxias, anoto tudo sempre. Assim a coisa não desanda!

Renata disse...

Hum... lá em casa, eu sempre paguei todas as contas possíveis com meu salário (já que eu tinha uma conta com doc grátis, agência dentro da empresa em que eu trabalho etc) e o que faltasse meu marido pagava, além das despesas extras. O que sobrasse na conta dele ia pra poupança. Já tentamos planilhas, mas não deu certo, os gastos corriqueiros eram muitos e acabavam sendo esquecidos. Então o que importava era sobrar no fim do mês!

Agora, como vou parar de trabalhar qdo meu filho nascer, vai ficar tudo nas mãos dele. Por sorte ele é super consciente e se Deus quiser não vai faltar dinheiro :)

Ingrid Souza disse...

Pensei que esse aperto de fevereiro fosse so aqui em casa ahahha
Bom, eu virei mae periodo integral, pra isso durante da gravidez fiz minhas economias, o namorido eh quem paga as contas de uma forma geral, meu dinheiro vai em futilidades mesmo, mimos para os meus meninos (marido e filhotinho), mimos pessoais...
O bom eh que o plano de saude do bebe eh gratuito e meu pai liberou o cartao para o netinho favorito dele, entao sempre acabo comprando fraldas, leite no cartao do meu pai... pode parecer folga minha, mas na verdade eh JUSTO, ja que foi ele quem ofereceu e no Brasil ele tem uma neta (filha do enteado dele) pra quem ele da tudo,inclusive paga escola e afins.

Fato eh que do dia pra noite virei uma excelente administradora, tenho feito minhas economias renderem e temos nos virado bem so com o namorido trabalhando! =)

beijocas

Daniella disse...

Puts estamos descontrolados!

Thaís Rosa disse...

nossa, van, nem acreditei qdo vi esse seu post... eu e marido acabamos de ter uma conversa "daquelas" sobre nossas finanças, já que sou bolsista e ele autônomo, e estamos passando por um momento bem difícil...
Achei legal essa ideia de uma conta conjunta pras despesas básicas, há um tempo venho pensando nisso... mas acho que só funciona quando os dois tem um rendimento fixo, né?
De todo modo, corri pra conhecer o mint.com, e vou tentar usar! Eu e marido ficamos na base das folhinhas de sulfite, e sempre acaba virando caos...hehehe
portanto, não tenho dicas, mas vou me aproveitar das suas!!
(ai flor, e eu sou do interior, acho que náo vai rolar ir no encontrinho em sampa....... ainda mais por conta dessa falta de grana... vamos ver, qq coisa te aviso!!)
beijoca

Ilana disse...

Olha, aqui em casa, quando o Rapha nasceu, adotamos a conta conjunta. Mas juntamos tudo mesmo: os rendimentos, os gastos, os investimentos, tudo. Como diminui muito meu trabalho, e as despesas aumentaram, foi nossa solução. O que sobra vai pra poupança e todo mês sentamos e olhamos o extrato da conta e do cartão de crédito pra ver pra onde foi o dinheiro.
Meio radical, já que não temos mais o meu e o dele, só temos o nosso, mas está funcionando.
Beijos
Ilana

Thaís Rosa disse...

hummm... aqui tb não rola o mint ainda...
será que não tem outro parecido?
bjs

Vanessa Ribeiro disse...

Oi meninas, fiquei meio desaparecida durante o dia mas tá uma loucura isso aqui, tentando terminar tudo antes de viajar.

Vou por partes:

@Carol: Sabe que aqui a nursery é mais barata que no UK mas os salários sao bem mais baixos. Uma nursery particular de 9 a 17.00 sai uns 550 euros por mês e a do governo (super difícil de conseguir vaga) sai por 360 mesma carga horária. Ou seja, tá ruim demais se vc considerar que o salário mínimo espanhol é uma merreca de 600 euros por mês aprox.

@Dé: nossa, me identifiquei e muito com tua história, já que eu e o Remi passamos um aperto danado quando mudamos pra Paris. Vivíamos de macarrao e agua, sem brincadeira. Um dia tomamos um café no Pompidou e saiu cada um 4.50 euros, um absurdo! Ele também era estudante e eu nao tinha visto pra trabalhar. Gostei de ver a organizacao viu? Excel às vezes é tudo!

@Renata: quando o bebê é pequeno, acho que até fica mais fácil controlar os gastos. O problema é pagar escolinha ou babá. O resto, até que nao muda muito nem, entao curta este tempo maravilhoso com teu bebezinho. Quem me dera ter a mesma oportunidade ;-)

@Ingrid: eita vovozão de ouro viu? hahaha, e maridão também né? Eu também sou gastadeira, adoro comprar bobagem e sair pra almoçar fora... já ser boa administradora ajuda e muito, eu na real nao sou muito boa com números :-(

@Dani, só cuida com o cartao proque pagamento mínimo é uma M....

@Thaís: putz, também estou procurando uma alternativa porque o Mint.com é tudo de bom. Se eu encontrar te aviso ok? E vice e versa claro.

@Ilana, realmente eu tenho que tirar o chapéu pra vc e pra Dé. Eu queria e muito ser assim organizadinha mas nao rola. Só que vai ter que mudar, porque se nao quando o nosso little man crescer um pouco mais vou ficar no vermelho sempre!!!!

Beijinhos a todas :-)

Van

Revista Paralelas disse...

Vane, querida, vcs não são os únicos, realmente! Eu e a Lea terminamos fevereiro quebradíssimas e eu estou até com medo de abrir a fatura do cartão de crédito...rs. A gente tem uma explicação, até, pois nos mudamos este mês (dps te conto a saga e vc não vai acreditar no que lerá). Mas, mesmo com a mudança, esperávamos sobrar ao menos um pouquinho este mês e nada. E, de fato, o curioso é que o mês é mais curto. A nossa técnica (que nem sempre funciona), é de anotar todos os nossos gastos fixos do mês (inclusive a manicure semanal e outras coisas menores) e administrar o que sobra do salário até o fim do mês, guardando sempre uns 400 reais. Mas assim, confesso, nós duas temos que ter muito auto-controle...são duas mulheres! rsrsrsr Beijos!

Related Posts with Thumbnails