17 dezembro 2010

Working Mom Fernanda (Fê) Franken

Fê e David
Fernanda (Fê) Franken, 32 anos, mora em São Paulo, é estilista e empresária (Mamma Mini) e mãe do David, de 2 anos e 7 meses.

Blog   Web

Fiquei super feliz quando a Fê aceitou inaugurar o Working Mom, uma série de posts quinzenais de entrevistas com mamães (e papais) que nos contarão, em primeira mão, como fazem para driblar os desafios e delícias da vida com filhos e, como conciliam os deveres de casa com a vida pessoal e profissional.

Um dia normal na tua vida...
Ser acordada pelo David, fazer um momento família pra ele tomar um leitinho na nossa cama vendo TV com a gente, depois arrumar ele pra ir pra escola, tomar banho, café da manhã e ir pro escritório (em casa) trabalhar. Fico praticamente a manhã toda respondendo emails, resolvendo pendências, falando com fornecedores, desenhando, tudo o que exija concentração aproveitando que o filhote está na escola.

Depois busco ele na escola , almoçamos juntos, dou banho, coloco ele pra dormir e faço tudo o que tenho que fazer fora de casa. Aproveito para resolver as coisas externas na parte da tarde: compras, correios, reuniões, cafés e afins... volto para casa e continuo trabalhando no computador.

Depois do jantar do David fecho o computador e ficamos brincando até a hora do banho. Dou banho, leitinho e coloco pra dormir. E assim vai (risos).

Trabalhar e ser mãe é compatível?
Eu acho totalmente compatível e acho até necessário. Não conseguiria ser apenas mãe. Trabalho desde os 14 anos, sempre fui super independente, escolhi minha profissão por paixão. Com a Mamma Mini faço o que gosto, me dá um trabalho do cão mas acredito muito, então cada conquista dá um prazer danado. 

A maternidade é a parte principal da minha vida, e meu filho é definitivamente minha prioridade (...) mas além de mãe dele, sou profissional, sou a mulher do pai dele, sou amiga das amigas, filha da mãe, neta da avó, nora da sogra, tenho vida social. O que eu não acho compatível é focar apenas no trabalho. Para mim não foi compatível e eu tratei logo de encontrar uma alternativa para resolver esta situação. Confesso que me perco bastante na minha rotina, priorizo várias vezes coisas erradas, mas estar perto do meu filho e ver de pertinho ele crescendo me dá a sensação de que estou fazendo a coisa certa. Não deixar minha vida profissional de lado também. Acho que estou  no caminho do equilíbrio entre trabalho e maternidade.

Trabalhar fora ou ficar em casa?
Eu trabalho em casa, mas já vi que trabalhar somente em casa é complicado justamente por causa das prioridades. É preciso muita disciplina, montar uma rotina diária que facilite a vida, porque além das coisas de trabalho eu também faço as compras de supermercado, sacolão, chamo a lavanderia, faço o cardápio que a empregada vai cozinhar, compro a lâmpada se a luz queimou e afins. Se você sai para trabalhar fora, estas coisas  domésticas não entram na sua lista de tarefas porque você vai dar um jeito de fazer depois.  

Outra dificuldade é falar ao telefone com clientes e fornecedores com o David falando ao fundo, ou me chamando, ou cantarolando... quando tenho uma ligação importante eu tenho que fechar a porta do escritório e explicar pra ele que tenho que falar algo muito importante com alguém do trabalho. Ele entende médio. Ele entra no meu escritório várias vezes para falar comigo, pegar canetinhas ou carimbos emprestados (...) ele costuma chamar o escritório de “seu trabalho”. Ele diz sempre pra mim “posso ir pegar um lápis no seu trabalho mamãe? “  acho super engraçado... 
O fato de estar aqui diariamente, mesmo que trabalhando, me possibilita ter alguns momentos extras com o David no decorrer do dia, palpitar nas coisas que a babá está fazendo ou simplesmente fechar tudo e ir pro parque com ele curtir o final de tarde. Quando voltamos, coloco ele pra dormir e volto pra labuta. Ás vezes termino umas 23h, mas mesmo trabalhando full time fico mais feliz com a flexibilidade que minha rotina me permite. Sou muito mais feliz hoje do que era quando trabalhava em empresa e fechava a gaveta as 19 horas.

Qual o segredo para encarar o dia e conseguir fazer tudo (ou quase tudo) que tem que fazer?
Eu nunca consigo fazer tudo o que preciso. Aliás, se você descobrir o segredo eu também quero saber! Vivo no liquidificador, como diz uma grande amiga minha... tudo junto o tempo todo agora. Estou sempre atrasada para tudo, mando um milhão de emails, penso em um milhão de coisas, faço um milhão de trabalhos, mil coisas do David, mil coisas da casa, mas dá tudo certo. Acho que ano que vem preciso de uma assistente, juro! Talvez este seja o segredo para conseguir fazer tudo...

Um conselho para encarar a rotina de bom humor
Fazer o que se gosta. Isso acho que é meio caminho andado. Eu sou feliz, sempre! Agradeço diariamente pois tenho uma vida ótima, um filho saudável e perfeito, um marido que eu amo e me dá muito suporte e um trabalho que eu simplesmente adoro e faço tudo para que dê certo. 

Tento dar atenção às coisas realmente importantes e priorizar minha família. E não me descabelo por nada, só pela saúde do David. Eu tento ver beleza em tudo e isso me deixa feliz. Meu marido me faz rir muito, acho que temos que levar a vida com leveza, ouvir bastante música, ficar feliz com as pequenas coisas. Uma tacinha de vinho de vez em quando também me deixa com o humor ótimo (risos).

E para recarregar as pilhas?
Massagem, manicure e viagens para o campo no fim de semana. Viajar nos finais de semana faz a gente voltar com a bateria no "talo". Também preciso de uns momentos sozinha, só eu e mais ninguém. 

Nada disso seria possível sem...
Amor. Acho que o amor move o mundo, move minha vida, move minha casa, move tudo por aqui. 

O que mudou na sua vida desde que você é mãe?
Nunca mais pensei em mim antes de qualquer coisa. O David SEMPRE vem antes. Provei do amor incondicional, não sabia que existia algo assim. Um amor profundo que até dói. Aquele desejo latente que seu filho seja saudável para sempre, tenha vida longa e seja feliz. Eu me torno uma pessoa melhor todos os dias com o meu filho. Aprendo a ser mais generosa, mais compreensiva, mais tolerante, mais paciente, mais esperta, mais feliz.

Uma alegria...
Ver o David crescendo e se tornando uma criança muito legal. Ele é querido, educado, carinhoso, preocupado com os outros. Ver meu filho ser tão querido e especial me enche de alegria e orgulho. Ver ele feliz é tudo para mim. Se ele está feliz, eu estou muito, muito feliz.

20 comentários:

Johanna disse...

I love it! I love the positive feeling that comes from this experience! Doing all those million things: working, cooking, preparing breakfast, being a mom, a wife, a businesswoman, a thinker...a woman. And in the end BE HAPPY! Be happy, no tired, not busy, not running every second. Just happy! This is the aim, right? The recipe, I understand in LOVE, right? I agree. I feel the same:) Thank you Vanessa for sharing this!

Carol Garcia disse...

sou fã da fefê!
é uma querida, super profissional, talentosa.
adorei o blog de vcs!
bjocas

Carol Passuello disse...

Muito legal Van e Fê!!! Adoro conhecer histórias de outras mães que tentar equilibrar maternidade, trabalho, família, manicure...
Bjs

Momento Hengs disse...

Acho que nao conseguirei nunca fazer tdo isso junto hahahahahhahahahaha

nina e Lili disse...

Van, muito legal! É bom saber que não é só a nossa vida que está sempre no liquidificador!
beijo

Vanessa Ribeiro disse...

Gente, eu me identifico muito com a Fê. Minha vida está uma centrífuga, isso sim..... uma doidera né?

Legal que vocês gostaram, comecinho de janeiro tem nova entrevista, aguardem!!!

Beijos
Van

Mi Satake disse...

Fe, vc vem trilhando com muita sabedoria seu caminho, amiga!
Parabéns pela entrevista e pelo blog Vanessa. Dei uma olhadinha de leve e adorei.


Beijão!
Michelle

elegalepoetico.blogspot.com

Mamma Mini disse...

Van querida amei amei amei amei, estou viajando, fora de órbita hahahahah, longe do filho e morrendo de saudades mas amei a entrevista, vim aqui correndo e amei o resultado, eu amo seu blog e acho sua iniciativa maravilhosa, fico muito muito feliz de fazer parte do seu projeto piloto e ser a primeira working mom!
um beijo beeeeeeeeeeeeeem grande

vou postar now no blog pra todo mundo vir ver aqui!

Carol P disse...

Adorei o post com a Fe!
bj

Coisas que eu amo... disse...

Olá, Vanessa!
Passei pra ver a entrevista da Fernanda e estou ficando, tá?
Adorei!
Ainda não tive tempo de ler tds as suas postagens, mas com o tempo vou me atualizando...
Beijinhos!

Thaís Rosa disse...

bem legal essa idéia de uma série de posts sobre mães que trabalham.
é bom saber que não somos as únicas "no liquidificador", rá!

Camila disse...

Nao conhecia o sue blog, so a Fe querida de tudo! Parabens as duas, adorei! Sou full time mom estou me inspirando por ai, 2011 sera um novo ano para mim!
Bjos,
Camila
Www.mamaetaocupada.blogspot.com

Vanessa Ribeiro disse...

Gente, fiquei super feliz com TODOS os comentários e carinho. A Fê é demais, super criativa e trabalhadora. Ela sempre visita o Coisas Minhas, deixa um recadinho, muito querida.

E aproveitem pra bisbilhotar a web do Mamma Mini que tem coisinhas lindas demais para os baixinhos...

Beijocas
Van

Claudia disse...

Oi Vanessa
Vim te conehcer pelo blog da Fê.
Muito legal.
Adorei esta nova sessão!
Vou te acompanhar tbe.
Bjks e um otimo final de semana

http://blogdaclauo.blogspot.com/

Luciana disse...

Gostei demais da entrevista. Eu ADORO a Fê e o trabalho dela. Um inspiração pra mim que também estou trilhando o mesmo caminho de profissional e mãe.

Beijos e parabéns pelo blog,

Lu

meu lado profissional
http://www.lalelilolu-illustration.com/

meu lado mãe
http://nicolandoporai.wordpress.com/

Daniella disse...

Amei!! Vanessa tudo de bom isso aqui.

Ana do Chá e Viagens disse...

Sou fãzona da Fê, ela é mil vezes talentosa, mãe de um menino Lindão
COstumo dizer, mãe linda, filho lindo!

Parabéns pelo Post e pela matéria, adorei!

Daniela disse...

Adorei a idéia das entrevistas! Vou te seguir!!
A Fê é uma fofuxa!
Bjocas
Dani
criancabemvestida.blogspot.com

Coisas de mãe disse...

ADorei a "coluna" e adorei o post. É muito bom saber como outras mnaes se saem como equilibristas nesta vida de mulher, mae e trabalho!

Adoro a Fe e a Mammamini, muito legal a iniciativa!

Parabens!

PAti

Vanessa Ribeiro disse...

Oi queridas, adorei todos os comentários e carinho.

O próximo Working Mom já está no forno, sairá no comecinho de janeiro. Semana difícil essa que passou, com filhote doente, hospital, viagem, amigo secreto, jantar da agência mas a gente sobreviveu tudo isso e agora está descansando com a família de férias.

Pouco a pouco visitarei o blog de vocês que estou muito curiosa. Obrigada àquelas que estão me seguindo :-)

Beijocas
Van

Related Posts with Thumbnails